Hemodinâmica da Santa Casa realiza procedimento de alta complexidade

1024 854 Santa Casa de Misericórdia de Pelotas

 

A hemodinâmica da Santa Casa realizou no mês de junho mais um implante percutâneo transcateter de válvula aórtica (TAVI), procedimento moderno e de alta complexidade que é realizado na Instituição desde 2019.

Bioprótese Evolut Pro

Este procedimento é realizado para o tratamento da doença de estenose valvar aórtica, ocasionada pelo estreitamento da abertura da válvula aórtica, que obstrui o fluxo de sangue do ventrículo esquerdo do coração para a aorta. O tratamento convencional da doença é com cirurgia aberta e troca da valva (aparelho valvular do coração), porém com o TAVI o procedimento acaba por ser minimamente invasivo e rápido, no qual uma valva aórtica é implantada com o uso de cateteres, sem necessidade da abertura do tórax. Com a implantação do TAVI a qualidade de vida do paciente é aumentada e o índice de mortalidade diminui comparada a outros procedimentos, além do pós-cirúrgico também ser positivo para o paciente, que em até 48 horas pode receber alta hospitalar. 

A Hemodinâmica da Santa Casa conta com cinco técnicos de enfermagem, duas enfermeiras e dois médicos, o Dr. Carlos Schlee Gomes e Dr. Taufik Nader Atallah. No dia da realização do procedimento estavam presentes os cardiologistas Dr. Taufik Nader Atallah, Dr. Rogério Tumelero, Dr. Manuel Luiz Romero Quintanilha, Dr. Eduardo Gehling Bertoldi, médica anestesista Dra. Marina de Moura Umpierre, a especialista clínica em TAVI, enfermeira Lidiane Lahti e também a responsável pela Hemodinâmica do hospital, a enfermeira Michele Ramires e sua equipe.

Enfermeira Lidiane preparando a implantação da Bioprótese

Profissionais realizando o implante

Quer saber mais sobre a TAVI? Entre em contato com o Relacionamento Comercial da Santa Casa pelo telefone (53) 3284-4724 ou pelo WhatsApp (53) 99178-5836.

Deixe uma resposta

O seu email não será publicado.